Tudo que é bom começa com um sorriso!
Image 01 Image 02Image 03Image 04
Na Clínica Lanfredi, a odontologia é realizada através de uma abordagem humanista baseada em confiança e amizade. Nossa filosofia é oferecer um tratamento especializado e com tecnologia avançada, priorizando a saúde e bem estar dos pacientes.
Imagem Logo
Profissionais
Doutora
Dr - Fabiola
Graduada na USP-SP
Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares
Especialista em Ortodontia
Aperfeiçoamento em Estética
Aperfeiçoamento em Odontopediatria
fabiola@clinicalanfredi.com.br
Doutora
Dr - Camila
Graduada na USP-SP
Mestre em Ciencias Odontológicas –USP
Especialista em Implantodontia
Especialista em Endodontia
Aperfeiçoamento em Odontopediatria
camila@clinicalanfredi.com.br
Um belo sorriso
O paciente deve ser avaliado por completo, e os procedimentos são sempre inter-relacionados dependentes uns dos outros para que se obtenha um ótimo resultado.

Assim como um rosto bonito é classificado pela sua simetria, ou seja, ambos os lados parecidos, o sorriso também deve ser, é importante que as proporções de altura e largura dentais sejam individualizadas de acordo com os diferentes tipos faciais. O olhar apurado do profissional é essencial para identificar pequenos detalhes que possam tornar o sorriso desarmônico. Uma boa avaliação e estudos fotográficos com traçados são muito importantes para um bom diagnóstico. Recursos como acréscimo de material restaurador (porcelanas ou resinas), pequenos ajustes de forma ou aparelhos ortodônticos fixos ou móveis podem ser utilizados.

obj
Tratamento
1. Ortopedia Funcional dos Maxilares
A má posição dos dentes é a principal insatisfação de quem busca uma estética facial. Apinhamentos, espaços excessivos entre os dentes e a relação incorreta entre as arcadas prejudicam não só a estética mas tb a respiração, a fala e a deglutição.
A Ortopedia Funcional dos Maxilares atua através da prevenção, do controle e do tratamento dos desequilíbrios ósseo, musculares, dentários e articulares. Possibilita o tratamento em crianças desde os primeiros anos de vida até adultos através de aparelhos removíveis funcionais, que atuam de maneira fisiológica não causando dor e não atrapalhando a estética.
Os resultados são um perfil facial harmônico, a estética do sorriso, uma boa oclusão e a recuperação da função mastigatória. Também são muito indicadas para alguns casos de dor nos músculos e articulações da face (ATMs).
Os aparelhos ortopédicos funcionais são utilizados por dentistas na Europa há mais de um século e no Brasil há mais de 50 anos, com excelentes e consistentes resultados.
A OFM foi reconhecida como especialidade odontológica pelo Conselho Federal de Odontologia Brasileira no ano de 2002, ela atua através da prevenção, do controle e do tratamento dos desequilíbrios ósseos, musculares, dentários e articulares.
A utilização de aparelhos removíveis possibilita intervenções precoces, capazes de corrigir problemas detectados desde os primeiros anos de vida.
2. Dentística Restauradora e Estética
Quando um dente perde sua estrutura natural por trauma, fratura ou lesão de cárie, o profissional precisa devolver sua forma e função com materiais restauradores, como porcelanas e resinas compostas. Atualmente esses materias possuem características mecânicas e estéticas próximas as do dente. Eles vêm sendo cada vez mais utilizados tanto em dentes anteriores como em posteriores. Restaurações metálicas escurecidas também podem ser substituídas em inúmeros casos sem perder a durabilidade desde que bem
Porcelana
Resina
Resultado Estético
xxx
xx
Recomendações Extensas
xxx
x
Pequenas Recontruções
x
xxx
Custo
xxxx
xx
Número de Sessões
3 a 5
1 a 2
Durabilidade
xxx
xx
3. Ortodontia
A Ortodontia atua diretamente nos dentes, alterando as posições e inclinações dentárias, buscando alinhamento dentário ou espaço para próteses ou implantes. Atualmente existem inúmeros tipos de tratamentos corretivos, com aparelhos fixos convencionais ou autoligados em metal ou porcelana ou aparelhos removíveis como placas de acetado que se encaixam nos dentes.
4. Endodontia
O tratamento de canal consiste na remoção da polpa dental, composta por nervos e vasos sangüíneos, e sua substituição por um material obturador, preenchendo a parte interna do dente.

A endodontia é indicada quando: A polpa dental se apresenta inflamada, com dor espontânea (pulpite); A polpa perde a vitalidade (necrose) e compromete a estrutura que envolve a raiz, provocando inflamação na membrana periodontal e do osso de modo assintomático (granulomas e cistos) ou com dor (abscesso); O dente se torna necessário como suporte para uma prótese fixa.

5. Implantodologia
As ausências dentárias possuem diversas causas: desde traumas, fraturas, perdas por lesões extensas de cárie e até mesmo causa genética. Para recuperar a estética do sorriso e a função da mastigação, pode-se lançar mão dos implantes dentários. Os implantes consistem em pinos de titânio osseointegráveis que são colocados no osso e sobre eles podem ser instaladas coroas de porcelana, próteses fixas e próteses removíveis, dependendo de cada caso. A colocação do implante é feita através de um pequeno procedimento cirúrgico realizado em consultório odontológico sob anestesia local com grande índice de sucesso, causando grande satisfação e recuperando o conforto mastigatório.
6. Prótese
É o nome dado a estrutura que irá substituir o dente ou parte do dente perdido, quando a restauração não é mais possível, devido ao seu grande comprometimento. As próteses podem ser fixas ou removíveis e podem ser unitárias, parciais ou totais. As próteses devolvem função, melhoram a estética e possibilitam a reabilitação em casos de comprometimentos bucais extensos.
7. Laserterapia
O laser de baixa intensidade é usado na odontologia moderna auxiliando nos procedimentos como bioestimulador. Possui ação analgésica, anti-inflamatória e cicatrizante. É indicado para tratamento de lesões de aftas, herpes bucal, pós-cirúrgicos e dor nas ATMs. Uma das complicações bucais mais comuns do tratamento oncológico é a mucosite oral, podendo levar a formação de feridas, o que aumenta o risco de infecção local e sistêmica, comprometendo ainda mais a saúde do paciente. O Laser é uma nova tecnologia que pode ser empregada na prevenção e no tratamento da mucosite. A mucosite causa um desconforto intenso durante a mastigação, a deglutição e a fala, pode provocar distúrbios do sono e dificulta a higienização. Preventivo: tem o objetivo de minimizar e de evitar o aparecimento da mucosite oral, é indicado para pacientes que serão submetidos a transplante de medula óssea, quimioterapia em altas doses e radioterapia de cabeça e pescoço Curativo: pacientes que já apresentam mucosite oral o laser promove alívio da dor e aceleração do processo de cicatrização das lesões.
8. Clareamento Dental
Um dos principais conceitos da beleza do sorriso é a coloração clara dos dentes. Com o passar do tempo, a superfície dental sofre um processo de escurecimento gradual. As causas principais são alimentos e bebidas com corantes e o cigarro. O clareamento dental recupera a coloração natural dos dentes devolvendo a aparência saudável e jovem do sorriso. Pode ser feito através de técnicas de aplicação do gel clareador em consultório odontológico ou por utilização de moldeiras em uso domiciliar. O clareamento dental é um procedimento rápido, indolor e com resultados imediatos. Desde que seja bem planejado e bem executado, não apresenta contra-indicações.
9. Tratamento de Disfunção Temporomandibular (DTM)
As disfunções temporomandibulares envolvem os distúrbios que afetam as Articulações Temporomandibulares (ATMs) e estruturas associadas, como músculos mastigatórios e cervicais. Podem causar sinais e sintomas como cefaléias, ruídos articulares (estalos e/ou creptações), e restrição de abertura ou movimentos mandibulares e frequentemente estão relacionadas a alterações oclusais, bruxismo, apertamento dentário, stress e acidentes. especialista fará avaliação e diagnóstico criteriosos para a indicação do tratamento mais adequado, podendo ser orientações, exercícios, placas oclusais, tratamento ortodôntico e etc.
10. Aparelho para Ronco e Apnéia
O ronco atinge grande parte dos homens e mulheres e atrapalha a vida social em vários aspectos. A Apnéia do sono é a obstrução das vias aéreas pela aproximação dos tecidos da garganta, fechando a passagem do ar e impedindo a respiração por alguns segundos, varias vezes por noite, e o ronco é a vibração dos tecidos da garganta quando o ar passa. O tratamento pode ser feito através aparelhos intra-orais para uso noturno, com fácil adaptação e grande eficácia. Os aparelhos são placas acrílicas presas aos dentes, avançando a mandíbula e com isso afastam os tecidos da garganta, evitando o ronco e a apnéia do sono e tem sido a alternativa mais conservadora no tratamento do ronco e da apnéia do sono.
Ambiente Tecnologia
Orto
Gengivite
Dentre as causas gerais, destacam-se as de origem respiratória (sinusite e amidalite), digestiva (erupção gástrica e úlcera duodenal), metabólica (diabetes, alterações hormonais) e emocional (estresse). Dentre as causas de origem local, o acúmulo de placa dentária, a cárie e suas seqüelas, alterações gengivais e periodontais, peças protéticas deterioradas ou mal adaptadas, alteração da saliva e principalmente a saburra lingual. A saburra é uma camada de restos alimentares, bactérias e células descamadas que se acumula sobre a língua dando-lhe um aspecto esbranquiçado.
Aproximadamente 85% dos casos de halitose são de origem local, relacionados a alterações bucais.
É o estágio inicial da doença da gengiva e a mais fácil de ser tratada. A causa direta da é a placa bacteriana, que se forma nos dentes e na gengiva.
Se a placa não for removida pela escovação e uso de fio dental diários, ela produz toxinas que irritam a mucosa da gengiva causando a gengivite. Se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite, afetando o osso e o tecido conjuntivo que seguram os dentes, podendo causar danos permanentes aos dentes e mandíbula/maxilar.
Dentes
Danos
É um tratamento de correção dentária e da má relação entre arcada superior e inferior através de aparelhos removíveis bimaxilares. Eles atuam estimulando o remodelamento ósseo da maxila e mandíbula em pacientes adultos e crianças de maneira fisiológica e indolor, buscando função mastigatória e estética dental e facial.
É importante que seja feita uma avaliação criteriosa antes de iniciar o uso do gel clareador, para que não ocorra nenhum efeito indesejado. O clareamento não afeta a estrutura dentária, mas pode gerar uma microinflamação na polpa do dente, que é reversivel e pode durar algumas horas ou poucos dias, causando leve sensibilidade mas nenhum dano permanente.
Implantes
Que idade ir ao dentista
Não ocorre rejeição do implante, uma vez que o mesmo é composto de material biocompatível aos tecidos humanos. O que pode ocorrer é a falha na formação óssea ao redor das espiras do implante dentário, por motivos variados,entre eles: qualidade óssea,quantidade óssea em altura e ou espessura e causas sistêmicas.
O ideal é receber a mãe gestante em consulta para os pais sejam orientados previamente em relação à erupção dos primeiros dentes, hábitos de higiene, amamentação e características e necessidades do bebê. Assim que erupcionam os dentes, a criança já pode ir ao dentista para controle e acompanhamento de cáries, higienização e também da oclusão.
Contato
Rua Afonso de Freitas, 377 - Cj 903 - Paraíso, São Paulo. CEP 04006-051 Tel/fax: 3876-0650 / (11) 95792-4818
Email: clinica@clinicalanfredi.com.br

© Direitos reservados Clínica Lanfredi odontologia especializada.
Ipanema